sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Significado do Símbolo da Administração


O Símbolo da Administração é um emblema formado por setas, ou flechas, e triângulos a partir de um quadrado. Ele tem o significado de meta comum e organização, e representa o Conselho Federal de Administração. Tendo como base um quadrado, ao dobrar um papel nesse formato, surgem as setas, os triângulos e os quadrados no centro que representam a Administração de Empresas. As flechas que apontam para o exterior, esquerda e direita, representam as metas e objetivos que devem ser alcançados pelos profissionais da área. Já os triângulos, que apontam para o centro, representam o planejamento, a organização, a coordenação, a centralização e os objetivos comuns. Assim, o símbolo da Administração é um emblema que condensa e expande, representando os valores da profissão e dos profissionais como cidadãos.

Os elementos que compõem o símbolo se agrupam num quadrado, figura que representa o equilíbrio, que é essencial nos administradores.

O símbolo da administração de empresas é azul-escuro. O azul simboliza as atividades humanas criadoras, construtivas, bem como está associado à riqueza. Esse símbolo foi escolhido a partir de um concurso em 1979. Para tanto, foram convidados personalidades relacionadas às artes gráficas, como o industrial José E. Mindlin, o especialista em heráldica Adm. Rui Vieira da Cunha, o grafista Adm. Zélio Alves Pinto, o arquiteto Alexandre Wollner, além dos Presidentes dos Conselhos Regionais de Administração do Rio de Janeiro e de São Paulo, Adm. Antônio José de Pinho e Adm. Roberto Carvalho Cardoso, e do Conselheiro Federal Arlindo BragaSenna, para compor um corpo de jurados que deveriam julgar e escolher o Símbolo da Profissão do Administrador. Ele foi promovido pelo órgão que regulamenta a ciência da Administração - o CFA - e recebeu propostas de todo o Brasil.