quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Administração de Recursos Materiais



Administração de Recursos Materiais significa tomar conta de todo o fluxo de um produto. Entre estas etapas dessa administração podemos citar:


  • a especificação dos produtos que queremos trabalhar;
  • sua aquisição por meio de fornecedores;
  • armazenamento em estoques;
  • a venda ou entrega para o cliente.

O principal objetivo da administração de recursos materiais, com relação ao controle de estoque, é tentar alcançar o cenário em que não falte produtos para venda, porém não haja excesso de produto armazenado.



A falta de um produto no estoque pode também afetar na reputação da empresa, assim como fazer com que consumidores prefiram ir diretamente em outra empresa que eles tenham certeza de que vão encontrar o produto. 

Administradores de recursos materiais devem ter conhecimento tanto na administração de recursos, como também em sistemas de controle de informação. Utilizar um sistema computadorizado que auxilia na administração pode diminuir os custos com mão de obra e com materiais, aumentar a produção, fornecer maior segurança das informações sobre o estoque, além de melhorar a comunicação entre as diferentes áreas da empresa.



Compreender as classificações dos materiais, administrar corretamente os estoques, estabelecer uma política adequada de suprimentos e a correta armazenagem e controle de materiais são essenciais para a boa administração dos materiais. 

Os estoques das organizações constitui todo o sortimento de materiais que a empresa possui e utiliza no processo de produção dos seus produtos e serviços. Por isso, entender sobre seu funcionamento, adotar estratégias como a curva ABC, com o intuito de separar os itens de maior importância ou impacto, os quais são normalmente em menor números e requer cuidados especiais, trabalhar com a metodologia oriunda do Sistema Toyota de Produção Just in time (no tempo certo), estando atento aos prazos e rotatividade do estoque e realizar pedidos conforme a demanda. Vale salientar, que nos dias atuais, não é tão interessante para as organizações trabalharem com o nível de estoque elevado, diferentemente de outros períodos, como na administração clássica que simbolizava poderio econômico, entender seus clientes, ter bons fornecedores, gerenciar a cadeia de suprimentos utilizando o Supply Chain Managment, estreitando as relações sobre a produção com fornecedores e clientes é fundamental para o gerenciamento dos estoques.



Uma gestão efetiva e correta é imprescindível para uma lucratividade positiva e auxilia de forma significativa a manutenção e crescimento dos ativos organizacionais, levando em consideração a redução dos custos operacionais e controle do fluxo de materiais.