terça-feira, 23 de janeiro de 2018

Comércio Exterior


O Comércio Exterior é a troca de bens e serviços através de fronteiras internacionais ou territórios. Na maioria dos países, ele representa uma grande porcentagem do PIB. O comércio internacional está presente em grande parte da história da humanidade (ver rota da seda), mas a sua importância econômica, social e política se tornou crescente nos últimos séculos. O avanço industrial, dos transportes, a globalização, o surgimento das corporações multinacionais, o outsourcing tiveram grande impacto no incremento deste comércio. O aumento do comércio internacional pode ser relacionado com o fenômeno da globalização.

O comércio exterior é uma disciplina da teoria econômica, que, juntamente com o estudo do sistema financeiro internacional, forma a disciplina da economia internacional.


RISCOS

*Riscos econômicos*

  • Insolvência do comprador;
  • Atraso no pagamento - a falha do comprador em pagar o total em até seis meses;
  • Flutuações cambiais;
  • Relacionados à soberania econômica.

*Riscos políticos*

  • De cancelamento ou não renovação de licenças de exportação ou importação;
  • Relacionados a conflitos armados;
  • Expropriação ou confisco por companhias importadoras;
  • De imposição de um banimento de algum bem após o embarque;
  • De transferência: A imposição de controle de transferência de valores pelo país importador devido a crises de liquidez;
  • Relacionados à soberania política.

O QUE É EXPORTAÇÃO e IMPORTAÇÃO?

EXPORTAÇÃO: Exportação é a saída de produtos ou execução de serviços para/em outro país. Esta operação pode envolver pagamento (cobertura cambial), como venda de produtos, ou não, como nas doações.

IMPORTAÇÃO: Importação é a entrada de produtos ou execução de serviços provenientes de outro país.


As exportações permitem vender produtos para qualquer país do mundo, seja perto ou distante. Para a exportação ter sucesso, ela pouco depende do desenvolvimento mercantil no qual seu sítio de envio está localizado. Tal fato propicia o distanciamento econômico de pontos geograficamente próximos, elevando as possibilidades de disparidade de renda e diferenças sociais. Além disto, às vezes os melhores produtos de um país ou território são preferencialmente direcionados à exportação, assim restando produtos de qualidade pior. Isso ocorre devido ao poder de compra dos clientes no exterior. Se o preço nacional for semelhante ao encontrado no exterior, esse fenômeno não costuma ocorrer.


Para favorecer as exportações, numerosos organismos governamentais publicam na Internet estudos de mercado por sector e por país estrangeiro. Estes estudos são mais ou menos acessíveis e frequentemente gratuitos.