segunda-feira, 2 de julho de 2018

Organização dos Serviços de Saúde


Para entendermos sobre organização do serviço de saúde precisamos entender primeiro os princípios da Gestão em Saúde que devem ser aplicados, e eles são:

  • Direito a Saúde
  • Democracia Institucional
  • Descentralização (respeitando critérios de escala e escopo)
  • Territorialização-regionalização
  • Universalização ( acesso, equidade e integralidade)
  • Sistema baseado ou APS e a Clinica ampliada. 
  
Sobre essa organização, primeiro é necessário saber que a verticalidade é hierarquizada no serviço, com cada profissional no seu setor e não há comunicação entre os sujeitos, sendo assim, o foco não é no cuidado com o usuário, já a horizontalidade gerencial se faz presente pela ausência de níveis hierárquicos, onde prevalece o saber técnico sobre o hierárquico, opondo-se a chefias e verticalidade.


Tem também a transversalidade que cria linhas que fazem cruzar a horizontalidade e verticalidade, é um modo que pretende superar os dois anteriores, tende a se realizar quando uma comunicação máxima se efetua entre os diferentes níveis e nos diferentes sentidos.


Por isso o apoio matricial, para melhorar a organização e funcionamento do sistema, pois um profissional oferece apoio em sua especialidade para outros profissionais, equipes e setores. 




Sendo diferente do da forma tradicional que é fragmentado de saberes e fazeres dado que ao mesmo tempo em que o profissional cria pertencimento à sua equipe/setor, também funciona como apoio, referência para outras equipes.