sexta-feira, 23 de novembro de 2018

Comunicação Não Verbal Nas Organizações


Uma fala clara e objetiva é essencial para um bom relacionamento, seja ele em qualquer ambiente. E além da comunicação verbal, as pessoas fazem uso de gestos e variações de tons para complementar aquilo que está sendo dito. É a chamada comunicação não-verbal.

E quando as comunicações verbal e não-verbal não se complementam adequadamente, a mensagem fica comprometida. Ainda mais no ambiente de trabalho, onde a fala dá as diretrizes para as ações que geram resultados. Um ruído em qualquer parte do processo pode colocar tudo a perder.

Não é de hoje que as empresas se preocupam em melhorar constantemente o relacionamento e a comunicação entre as pessoas. Afinal de contas, uma fala positiva aliada a gestos que dizem o contrário confunde quem ouve a mensagem. Da mesma maneira que um líder que usa um tom de voz muito baixo e um ar introspectivo para motivar seus funcionários não obterá nenhum retorno positivo.



Comunicação não verbal às vezes é mais importante do que a verbal

Prestar atenção na linguagem corporal muitas vezes é mais importante do que observar as palavras ditas. Por mais que as pessoas meçam as palavras, o corpo nem sempre segue esse mesmo comportamento, deixando claro a real mensagem que inicialmente seria passada.

É por este motivo que a linguagem corporal é tão importante em reuniões com clientes e em entrevistas de emprego. É o jeito de mexer as mãos, o tom de voz e a postura que vão ditar a veracidade ou não do que está sendo dito e do que está sendo entendido.

As empresas que sabem tirar proveito da comunicação não verbal de seus funcionários só têm a ganhar. Isso porque, ao observarem gestos e atitudes de cada integrante, podem ter uma percepção do grau de satisfação e engajamento das equipes. Desânimo, cara amarrada e pouca produtividade, por exemplo, são sinais de que algo não vai bem.

Além de usar os efeitos da comunicação não verbal para tornar o ambiente de trabalho mais agradável, as empresas podem buscar meios de incentivar os funcionários a observarem seus próprios jeitos de se comunicar, identificando possíveis erros e tornando o relacionamento no ambiente de trabalho cada vez melhor.


A importância da comunicação não verbal dentro das organizações

Há vários meios de comunicação além da fala. Os gestos, as expressões faciais, posturas corporais, que indicam muito mais do que a boca do indivíduo fala. Esse é um território que à primeira vista não é fácil de ser acessado, já que não está explícito como é o caso da fala.

É importante estudar a linguagem não verbal dentro da empresa, já que o ser humano se comunica verbalmente e não verbalmente. Quando há uma compreensão maior dessa comunicação, as possibilidades de sucesso dessa empresa aumentam. A linguagem do corpo pode revelar vários aspectos dessa comunicação.




Ter consciência da própria comunicação e de como ela é percebida pelas pessoas é importante para que cada profissional melhore sua maneira de se comunicar, tendo mais sucesso para alcançar seus objetivos e ajudar a organização crescer.