quinta-feira, 28 de maio de 2020

O Meio Ambiente e as Empresas



A consciência de que devemos preservar o meio ambiente está, cada vez mais, sendo disseminada em nossa sociedade, e as empresas precisam caminhar junto com essa conscientização. Nos últimos anos, muitas corporações se deram conta de que preservar o meio ambiente e fomentar o desenvolvimento sustentável é também preservar a própria vida humana, já que o desmatamento das florestas e a poluição da atmosfera, por exemplo, impactam diretamente a vida no Planeta.

Não estamos mais falando apenas do problema da extinção de espécies ou do aquecimento global, que são bastante graves e preocupantes. Estamos também observando o impacto direto, e negativo, que a falta de consciência ambiental traz para as cidades e suas populações.

Desastres naturais, deslizamentos de encostas, alagamentos, ondas de calor… Todos estes problemas atingem diretamente a sociedade brasileira, e a promoção de uma mudança exige comprometimento com as causas ambientais por parte do governo, das empresas e da população civil.

Como ter um negócio ambientalmente sustentável e responsável?

A gestão ambiental dentro de uma empresa deve incluir inúmeras atividades que assegurem a conformidade das mesmas com as leis ambientais vigentes, além da formulação de estratégias que possibilitem adequar os produtos que essa empresa oferece à responsabilidade socioambiental.

Uma gestão ambiental eficiente em uma empresa também contempla a correção contínua de erros e danos ao meio ambiente, além da monitoração do próprio programa ambiental que a empresa oferece.

Estamos falando de atitudes como a melhoria no design dos equipamentos produzidos pela empresa, substituição de materiais ineficientes, estímulo à reciclagem e à gestão de resíduos, ter uma cadeia de fornecedores que respeitem a natureza e adotar abordagens inovadoras que consigam introduzir uma política ambiental diferenciada dentro das organizações.

Comprometimento de todos

A qualidade do meio ambiente em que vivemos é importante para cada um de nós, e essa responsabilidade deve ser coletiva. Seja por parte dos governantes, de cada consumidor ou das empresas privadas, todas as ações possíveis que favoreçam o meio ambiente devem ser adotadas.

Nas mãos do governo devem estar o comprometimento com a implantação de leis que proíbam produtos nocivos ao meio ambiente e a fiscalização dessas leis; e, por parte da sociedade como um todo, está a devida cobrança para que essas leis sejam cumpridas. Já as empresas devem se engajar com a adoção de práticas, políticas, tecnologias e posturas favoráveis ao meio ambiente. A responsabilidade compete a todos nós!